sábado, 19 de março de 2016

Ministro da justiça já começa falando asneiras


Eugênio Aragão começou mal. Até mesmo um ministro pau mandado precisa ter bom senso e um mínimo de sensibilidade para analisar a conjuntura política antes de falar besteira. O novo ministro demonstrou em suas declarações que ainda não entendeu o que está acontecendo no Brasil e nesse governo que ele já pega em estado terminal. Suas declarações pioraram o que já estava horrível, muito embora isto parecesse impossível.

Completamente fora da realidade, superestimando seu poder de ministro e dando uma banana para milhões de brasileiros inteirados dessa política nojenta e inescrupulosa, declarou:
"Cheirou vazamento de investigação por um agente nosso, a equipe será trocada, toda. Não preciso ter prova. A Polícia Federal está sob nossa supervisão"
Fim de festa, seu ministro... fim de festa. Game over... acabou... C'est Fini ou Zéfini como dizia Bertoldo Brecha na Escolinha do professor Raimundo. Esse seu papinho furado demonstra que está completamente por fora da gravidade da situação e de tudo o que está acontecendo no país. A Polícia Federal, o Ministério Público, a Polícia Federal e o STF são os que decidirão sobre o nosso futuro e não um "ministreco" que foi indicado por uma "presidenta incompetenta" para abafar verdades incontestáveis do governo mais corrupto desde o Homem de Neandertal.

Sua declaração foi o combustível que as instituições de credibilidade e o povo precisavam para aumentar sua determinação. Tente apagar as gravações que ouvimos da nossa memória. Tente.

Muito aqui entre nós:





Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, pois por uma acção do google meu perfil sumiu e estava a seguir o seu blog sem foto e agora tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.

Posts mais populares