sábado, 7 de abril de 2012

O cavalo selado

Há um ditado popular que diz: "Se um cavalo selado passar perto de você, suba porque pode ser que ele passe apenas uma vez".

Sinceramente, não acredito nesse determinismo. Em primeiro lugar porque o fato de estar selado não quer dizer nada, pois, montar representa apenas uma parte da jornada que virá. Para onde você será levado depois de montá-lo?

Sim, eu sei que esse ditado é uma força de expressão, mas acho que ele foi criado por alguém que acreditou ter perdido sua grande oportunidade na vida. Alguém amargurado por estar mais velho e não ter encontrado o emprego, o negócio ou o amor com o qual sempre sonhou, acreditando que "aquela" oportunidade que deixou passar foi sua única chance de felicidade.

Pura bobagem! Você NUNCA saberá o que teria acontecido se tivesse montado naquele cavalo. Compre um cavalo, coloque uma sela, aperte bem a barrigueira e escolha a trilha. E se o cavalo empacar, desça e vá a pé, caminhando pela vida, isento de obstinações e paixões.

Nietzsche achava que o segredo da felicidade estava na própria aceitação e, simultaneamente, ao desprezo a si mesmo. Aristóteles achava que o caminho da felicidade estava na moderação das paixões.

Vá a pé mesmo, caminhando pelos atalhos dos seus sonhos. Você encontrará muitas coisas que não veria a galope, inclusive o seu próprio interior.

(José Cláudio Guimarães)


.









Um comentário:

Sergio Vieira disse...

Muito essa matéria!
Estou fazendo uma versão, para alertar o povo brasileiro, a não escolher os maus políticos.
veja como é importante e interessante ler uma materia assim. Parabéns!

Posts mais populares