terça-feira, 24 de abril de 2012

Mantém-te a flutuar por todos os meios

O olhar é cada vez mais superficial, comandado pelos instintos, verdadeiros zumbis orientados pelo inconsciente coletivo não questionado. Não enxergam o interior porque buscam apenas as outras metades de suas cascas, trafegando na contramão da individuação. Leves como uma pena, permanecem flutuando ao sabor da correnteza...

Rabindranath Tagore ensina: "Mantém-te a flutuar por todos os meios; porém, se te for impossível, tens o valor de te afundares sem ruído"



Nenhum comentário:

Posts mais populares