sexta-feira, 18 de novembro de 2016

NÃO HÁ ESCOLHA

Por mais que políticos e outras figuras do poder público (sim... isto inclui o STF) estejam desesperados com os rumos da Lava Jato, a brincadeira acabou. The game is over, como diz a turma. Não há manobra constitucional que possa anistiar os bandidos descobertos e os que ainda não o foram apenas por questões de cronograma do MP, da PF e da Justiça Federal.

Só há uma atitude a ser tomada para tentar salvar alguns e entenda por salvar, a redução de suas eventuais penas. A única solução sairá de uma reunião a portas fechadas dos três poderes da república. Esqueçam PECs, restrição financeira ou de poder para as instituições que integram a Operação Lava Jato. Isto só agravaria a crise e as penas dos que tentassem essas manobras. Na melhor das hipóteses, as instituições estão 80% podres e desses 20% restantes, 80% se salvariam com a justiça fazendo vistas grossas para determinados tipos de crime. 

O Congresso corre sério risco de ser invadido a qualquer momento e desta vez não seria aquela palhaçada promovida pela direita radical pedindo intervenção militar, mas sim por cidadãos que nem sabem o que significa esquerda ou direita. Cidadãos comuns, pagadores de impostos, desempregados, miseráveis, doentes do SUS, empresários, ricos e pobres.

Repito: não estamos muito longe disso.

Nenhum comentário:

Posts mais populares