sábado, 30 de abril de 2016

TEXTURAS DO SENTIMENTO (Poesia)

Seleção de 45 poemas escritos há mais de 15 anos que refletem alguns momentos da vida do autor.

APRESENTAÇÃO

De repente surge o livro de um autor que você não conhece. Você começa a ler e gosta. Você continua a ler e se encanta. Você sente que de alguma forma aquela pessoa conseguiu penetrar em um recanto de sua alma. Algumas portas se abriram por conta de palavras mágicas escritas com a força da suavidade. Você não tem como recuar. Mas houve uma invasão permitida. O poeta tocou seu coração e você deixou que ele fluísse para dentro do seu mundo. Aconteceu de modo sutil, mas determinado.

Quando o poeta envolve você com a textura do sentimento, a reação só pode ser de entrega. E no meio da entrega você não se pergunta para onde vai. Você simplesmente permanece no movimento, pois confia nos dizeres que o arrastam feito correnteza. Esse é o arrebatamento, cuja origem se perde nos mistérios das noites enluaradas e nas declarações de amor que povoam o universo do sentir. É o mesmo arrebatamento que nos deixa mais leves e mais humanos.

Nessa hora, você consegue fazer a única pergunta que lhe ocorre: que poeta é esse? No entanto, não há um simples questionamento na pergunta. Você não quer saber exatamente de onde ele veio. Você quer saber de que matéria-prima ele foi feito. Você quer saber qual é a fonte. Pois bem, o poeta sempre existiu. Ele não nasceu hoje com este livro. O que você tem em mãos é um registro poético. Você vai ler. E a partir dessa leitura o autor surgirá para você. O nome dele é José Cláudio Guimarães. Deixe-se arrebatar.

Sílvio Ferreira Leite
Escritor e Poeta



À VENDA

Nenhum comentário:

Posts mais populares