quinta-feira, 14 de abril de 2016

Partidários e ideólogos são a escória da humanidade


Quando a gente lê os jornais e vê as notícias, não consegue entender como ainda tem gente torcendo por um ou por outro partido ou político. São escândalos que não acabam mais em todos os níveis do executivo e do legislativo, dos municipais ao federal. Não importa o veículo de comunicação e quando me refiro a "veículos", não falo sobre esses bloguezinhos mequetrefes, mas de revistas e jornais que se sustentam com propagandas de empresas não governamentais.

A saúde de mal a pior, com hospitais cheios e filas de meses para consultas. A educação politizada, mal administrada, professores mal remunerados, com escolas mostrando superfaturamentos e desvios de verbas que vão de uniformes à merenda escolar. A população sofrendo assaltos nas ruas, em suas casas e em seus negócios, mas não registra por medo ou porque não confia mais nas polícias. Impostos roubados, estatais quebradas, economia falindo...

O que falta para piorar? O que está faltando para os brasileiros se unirem tentando reconquistar o mínimo da dignidade perdida? Como insistir em mudar tudo de uma vez só ou mudar primeiro "o outro" antes "do seu"? Como convencer seus amigos de seus pensamentos nobres sem primeiro dar o exemplo?

Estamos com as nossas cabeças mergulhadas na mesma lama fétida e continuamos com os dedos pra fora apontando uns para os outros. Ninguém quer começar pelo seu. Morre afogado, mas não quer. Conseguem cooptar apenas idiotizados para as suas causas estúpidas e não veem que essa "matéria prima" está cada vez mais escassa.

Na situação atual, não me refiro apenas aos radicais e fanáticos, mas também ao partidarismo e ao ideologismo "normais". A urgência é com o país e o país somos nós. Devemos sempre nos lembrar de que a ordem de prioridade dos políticos é: 1) Eles; 2) Seus partidos; 3) Sua classe (corporativismo); e por último 4) Os cidadãos, mas sempre em época de eleições e quando estão correndo risco de perderem seus mandatos.

Na verdade o partidarismo e o ideologismo são nojentos. E os partidários e ideólogos, por sua vez, são a escória da humanidade.

Nenhum comentário:

Posts mais populares