domingo, 6 de setembro de 2015

O MENINO AYLAN E A LOUÇA DA COZINHA

A pergunta é: por que, tanto a direita xenófoba quanto a esquerda anti-ocidental e mais a imprensa - os "normais" também - ignoram os corredores dos hospitais e as filas do SUS que matam milhares todos os anos, o equivalente a muitos barcos de imigrantes naufragados? E nem vou me referir à violência nas ruas. A preocupação do brasileiro e da imprensa hoje é a política. E sem essa de dizer que estão combatendo a causa principal, pois, ela é a causa principal de todos os problemas do mundo, mas a roubalheira foi banalizada e não provoca mais nenhum choque na população, muito embora devesse causar. Quantos  Aylans, tios, pais, mães irmãos e avós de Aylans morrem todos os dias por falta de atendimento médico ou aguardando consultas e exames por meses e até anos. Ou será que esse problema já foi resolvido e ninguém sabe?

É óbvio que a morte do menino nos choca e só uma pessoa muito fria não se sensibilizaria com a cena da praia e todo o contexto que envolve o desespero daqueles imigrantes, mas está faltando a imprensa voltar a lembrar da situação desesperadora do nosso sistema de saúde pública e divulgar fotos que causariam tanto impacto quanto ela. Como diz o ditado, todos querem resolver o problema da fome do mundo, mas se esquecem de ajudar a mãe a lavar a louça do almoço.










Nenhum comentário:

Posts mais populares