sexta-feira, 26 de junho de 2015

UMA PIRUETA, DUAS PIRUETAS, BRAVO... BRAVO!



Hoje nossos ilustres senadores chapas-brancas disseram na Venezuela que embora tenham sido convidados pelo governo para visitar os presos políticos eles não foram porque não queriam se intrometer nos assuntos internos do país. Teatrinho mambembe de roteiro pré-estabelecido. Aliás, os dois grupos, tanto da oposição quanto do governo foram fazer política interna brasileira na Venezuela, mas pelo menos o primeiro teria um objetivo secundário ou indireto que beneficiaria a democracia.

Interessante essa coerência da esquerda brasileira... a senadora Vanessa Grazziotin diz que não pode interferir nas decisões internas da Venezuela, mas veja a declaração dela sobre Guantanamo:
"... [imprensa] nenhuma fala de Guantânamo, nenhuma fala dos cinco cubanos que estão presos e que foram injustamente condenados” nos Estados Unidos."
Esse "injustamente" é o que, cara mais do que pálida?

Quando hoje li essa historinha dissimulada deu vontade de vomitar. Não pela mentira em si, mas pela hipocrisia achando que acreditaríamos nesse teatro de segunda categoria.

Amigos e amigas... se essa coisa que está aí e que chamam de governo permanecer estaremos ferrados.

E algemados.

.

Nenhum comentário:

Posts mais populares