sexta-feira, 5 de junho de 2015

A JUSTIÇA E O VIL METAL - O AMOR É LINDO!

BRASIL: Construtoras do Petrolão - "A nova proposta, obtida pela Folha, transfere as negociações da CGU para a AGU (Advocacia-Geral da União) e garante um bônus: os beneficiários ficariam livres da culpa desde que pagassem seus débitos, integralmente, e à vista. Se fosse na CGU, haveria desconto desses valores."

SUIÇA: Banco HSBC - "O HSBC decidiu pagar US$ 43 milhões (R$ 135 milhões) às autoridades de Genebra para encerrar o caso Swissleaks. A Justiça suíça investigava supostos crimes de lavagem de dinheiro cometidos pelo banco. Segundo comunicado oficial, o HSBC concordou em pagar a multa por não ter conseguido evitar crimes financeiros. Com o pagamento, a ação criminal foi arquivada."

O primeiro, o país mais corrupto do mundo; o segundo, um país diplomaticamente neutro, tido como sério e que abriga as entidades e organizações mais importantes do mundo. O que esses dois países têm em comum? Dinheiro ilícito comprando garantias de impunidade na justiça.

Com esses procedimentos os governos tornam-se receptores dos produtos dos roubos ou, em trocados e miúdos, lavou, ta novo!

Aconselho futuros pais a registrarem seus filhos na Junta Comercial. Como pessoa jurídica, seu futuro impune estará garantido.

Que tal José Odebrecht, Maria Camargo Corrêa ou Ling-Ching Hong-Kong Shanghai-Banking?

Nenhum comentário:

Posts mais populares