terça-feira, 4 de novembro de 2014

Tirem o bode da sala de imprensa!

BOLIVARIANIZAÇÃO, VENEZUELIZAÇÃO OU CUBANIZAÇÃO?
TIREM O BODE DA SALA DE IMPRENSA!

"Lula e Dilma nunca emularam o chavismo". É a opinião - adivinhem de quem - do correspondente a Folha de S. Paulo em Caracas, ou seja, jornalista que escreve com um bode dentro da sala de imprensa. É óbvio que o Brasil ainda não é uma Venezuela, mas não por falta de vontade do PT e seus comparsas, mas porque sua maioria no Congresso não seria louca de peitar a mudança da Constituição que o Chávez fez (vide recente derrubada do decreto bolivarianista de Dilma). É por isso que nossa constituição - também amparada por algumas cláusulas pétreas - ainda não mudou.

Sobre a economia, o correspondente diz que Lula e Dilma deram continuidade a políticas econômicas dos governos anteriores. O que será que o jornalista chama de "continuidade a políticas econômicas anteriores" quando Lula pega uma dívida (a grosso modo) interna + externa de 600 bilhões (300 externa), passa o governo para Dilma com 1,3 trilhões e em 4 anos ela consegue jogar para 3,5 trilhões (400 bilhões externa, aquela que Lula disse que pagou)? A política econômica no governo FHC foi conservadora e essa que está aí, a  qual nem sei se podemos chamar de política econômica, não tem nada de conservadora. Apenas o sistema de câmbio foi mantido, mas o resto, principalmente no que se refere à filosofia não chega nem perto. Sem contar as constantes maquiagens - e omissão - nos índices econômicos para enganar o povo. Só os mecanismos de controle foram mantidos.

Seria bom se a Folha de S. Paulo trouxesse seu correspondente um pouco pra cá para climatizá-lo. Se mandá-lo pra Cuba, certamente ele achará a Venezuela, Bolívia e Brasil, paraísos da América Latina.

Leia a matéria da Folha: "Venezuelização?": http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/11/1542828-samy-adghirni-venezuelizacao.shtml

Nenhum comentário:

Posts mais populares