sábado, 4 de maio de 2013

Assim falou Renantustra

E complementou o filósofo Renantustra, mais conhecido como Renan Calheiros, ilibado presidente do nosso senado, dizendo considerar "inviável" que uma decisão da Corte possa substituir as deliberações "pluralizadas " do Congresso.

E quem disse que esse Congresso é plural, cara pálida? Nunca antes na história deste país um congresso foi tão singular e tão pouco representativo dos anseios populares como este que está aí. De maioria esmagadoramente interesseira, a começar pelo seu partido, o PMDBêntures (debênture: título de crédito representativo de empréstimo, no caso, a sigla partidária), o congresso hoje não tem absolutamente nada a ver com o que foi eleito pelo povo e muito menos com suas mentirosas promessas de campanha.
Singular: 1 Pertencente ou relativo a um só; individual, isolado, único. 2 Como não há segundo; que não tem igual nem semelhante. 3 Que vale só por si; significativo, terminante. 4 Distinto, notável, extraordinário. 5 Especial, particular, privilegiado. 6 Esquisito, excêntrico, original. 7 Assombroso.
Quem o senhor representa? Seu mordomo que o serve em sua residência e que recebeu no mês de março o salário bruto de R$ 18,2 mil (R$ 2.700 apenas em horas extras), nomeado por meio de ato secreto juntamente com outros 7 garçons do plenário e área contígua que recebem entre R$ 7,3 mil e R$ 14,6 mil, remuneração até vinte vezes maior que o piso da categoria na capital federal? Ou representa deputados e senadores que recebem perto de R$ 150 mil por mês entre salários e benefícios?

Esses políticos que se opõe à superioridade constitucional do STF não entendem que estão perdendo tempo tentando nos fazer acreditar que têm mais credibilidade que a Suprema Corte liderada pelo ministro Joaquim Barbosa, mesmo composta por alguns ministros de amizades suspeitas ou ministras que não são a favor e nem contra nada ou tudo, muito pelo contrário.

Não, meus caros...  não demos e não daremos a vocês procuração de plenos poderes. Em primeiro lugar porque não merecem e em segundo porque o Brasil ainda possui mais de 50 milhões de eleitores lúcidos (25% que NÃO CONSIDERAM o governo de Dilma bom ou ótimo) o suficiente para saírem às ruas se necessário for.

Vocês são subalternos sim e nos representam a título precário. Somos nós que pagamos os seus IMERECIDOS salários com o suor dos nossos rostos em trabalhos bem diferentes daqueles do seu mordomo ou dos garçons do congresso. Não ganhamos 10 mil reais para servir cafezinhos às Vossas Excelências.

E se servíssemos, os serviríamos com cicuta.


Nenhum comentário:

Posts mais populares