terça-feira, 19 de março de 2013

Felicidade verdadeira sem humanismo? Impossível!


Viver requer doses de amor, poesia e realidade. Como poderemos ser felizes vivendo apenas de amor e poesia? A realidade incomoda você? Ver pessoas amontoadas em macas pelos corredores dos hospitais, jovens drogados nas ruas, pessoas implorando por comida e um copo d'água são cenas que fazem você infeliz? Melhor permanecer em seu condomínio de muros altos ouvindo Bach? Para você é possível ser feliz fechando os olhos para a realidade?

Não... não estou pedindo para que não sejam positivos e não tenham esperanças de um mundo melhor. Não estou pedindo para que deixem de ler poesia, escutem boa música, curtam frases bonitas, que amem seus amores e seus entes queridos. Não estou pedindo para que não digam boas palavras para os que precisam ouvi-las. Só não podemos deixar que a natureza assuma nossas responsabilidades de cidadãos do mundo. Ela nem pode fazer isto porque ela apenas responde aos estímulos do ser humano incentivado pelo seu livre-arbítrio.

Sim, você é responsável. Responsável por suas escolhas. Não somos responsáveis apenas por aqueles que cativamos. "Todos somos responsáveis de tudo, perante todos", como escreveu Dostoievski.

"Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo; todo homem é um pedaço do continente, uma parte da terra firme. Se um torrão de terra for levado pelo mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse o solar dos teus amigos ou o teu próprio; a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano, e por isso não me perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti." (John Donne)



Nenhum comentário:

Posts mais populares