sexta-feira, 2 de março de 2012

As artimanhas do subpoder

Underground
Por que Dilma está tendo dificuldades para alegrar sua base aliada? Não é preciso um Sherlock Holmes para descobrir as razões, basta ter lido jornais e visto quantos ministros indicados por Lula saíram desde a posse da nova presidentE para saber o porquê (sem essa de "presidentA"... o correto é presidente: leia). Isso se chama prostituição política ou venda de alma pra garantir maioria. Deem o nome que quiser pra essa "astuta permuta", mas a causa não mudará e muito menos o seu efeito retardado.

As crianças mimadas de Lula atingiram a maioridade no governo da presidente Dilma e papinhas não conseguiam mais sustentar os estômagos monstruosos de seus alienados aliados alienígenas. Alienados porque perderam a razão e o pouquíssimo do bom senso que lhes restava; alienígenas porque não é só ao Brasil que eles não pertencem, mas devem ter vindo pra cá exilados, expulsos de outra galáxia.

Os jornais dizem que Dilma foi se aconselhar com Lula, mas não creio nisso. Não creio porque o jeito de governar da presidente é bem diferente do estilo castrista tupiniquim de seu antecessor. Dilma não tem pegada populista e só sabe administrar olhando o termômetro da opinião pública. Meno male. Já o ex-presidente Lula nunca deu bola pra termômetro porque tinha plena consciência da sua habilidade de manipular as massas, adquirida nos tempos dos palanques sindicais. Na minha opinião, Dilma foi "explicar" o porquê de não estar conseguindo segurar os revoltosos do subpoder. Isso é fácil de perceber porque se Dilma estivesse obedecendo Lula, a grande maioria ou todos os ministros hoje exonerados ainda estariam lá. No máximo, a presidente deve ter pedido pra Lula segurar a barra dela, utilizando sua fala-fácil para dialogar com os líderes dessa aliança raivosa. Só que Lula não tem mais a chave do cofre e está doente.

O que os políticos mal acostumados não conseguem entender - não sei se por teimosia ou burrice - é que essa época de mutretas fáceis está acabando. Não se consegue conciliar a democracia, liberdades de imprensa, na Internet e de expressão popular com segredos que durem como duravam antes. Fosse Lula o presidente, essa bomba poderia demorar mais para estourar por causa da habilidade que ele tinha pra assoprar o pavio, mas não tenho dúvidas de que uma hora explodiria e os danos seriam irremediáveis, não só para o PT como também para toda base aliada, exceto para os partidos nanicos.

Se o STF que é o STF, indicado pelo executivo não está conseguindo suportar a pressão popular, imagine um partido ou político que depende de votos para manter sua boquinha?

Ainda há tempo para esses alienados acordarem, pois, ninguém engolirá impeachment de presidente por questões de interesse político. Sim... culpam a imprensa e dão crédito para o povo nas ruas, mas Collor saiu porque peitou o Congresso. Não que não tivesse merecido... refiro-me à causa principal.

Acabou... a virada já aconteceu e aquele tempo já se foi. Falta agora cair a ficha dessas carolinas do século XXI. Ainda está em tempo para se transformarem em heróis. O povo engole um herói hipócrita, mas não um ladrão mentiroso.

.

Nenhum comentário:

Posts mais populares