domingo, 15 de janeiro de 2012

Dê um tempo para você

Há uma confusão muito grande entre meditação, contemplação, concentração, oração e adoração. Esta confusão faz com que muitos nem procurem se informar e muito menos pratiquem a meditação. A Meditação Transcendental, por exemplo, embora possua vínculos com o hinduísmo no seu ritual de iniciação (puja ), a cerimônia visa cumprir tradições de agradecimento e saudação (frutas, flores, pano branco e fotografias dos mestres Maharishi e Guru Dev), sendo considerada laica. Quem desejar saber mais: meditacaotranscendental-vila.blogspot.com

Citei a  MT porque existe comprovação científica de seus benefícios, mas o objetivo deste post é o de incentivar a prática da meditação, seja ela qual for, desde que não exija concentração e promova aquietação da mente, desligando-se por um tempo do mundo exterior e percebendo-se mais. O sentimento de paz interior é raro neste mundo de hoje, completamente saturado de informações não seletivas que nos impulsionam cada vez mais para o TER em detrimento do SER. E não pensem que esse comentário que fiz está relacionado à pobreza pregada pelas religiões como caminho para a humildade, pois, o NÃO DESEJO é fruto do DESPRENDIMENTO NATURAL e não da privação recomendada ou planejada.

As pessoas hoje estão distanciadas de si mesmas, buscando complementos externos para preencher seus buracos existenciais. Acumulam coisas e não se sentem saciadas, ao contrário, sempre descobrem novas necessidades geradas pelo marketing do consumismo desenfreado. E este consumismo não se refere apenas aos bens materiais, mas também às leituras, religiões e filosofias, como se buscassem uma receita exata para a felicidade. É óbvio que a leitura é imprescindível para ampliar o conhecimento, mas ela deve ser feita de forma seletiva e sem ansiedade, pois, do contrário, estaremos apenas lotando os porões da alma. Parafraseando Lao-Tsé: "Para ganhar conhecimento, adquira coisas todos os dias; para ganhar sabedoria, elimine coisas todos os dias."

Se você se sente inquieto(a) e crê que nunca conseguirá ficar em silêncio consigo mesmo e meditar, experimente ao menos começar se isolando e dedicando alguns minutos do dia para você mesmo(a), nem que seja para ler ou praticar algum hobby. O importante é que faça isto com atenção no que está fazendo e dando-se ao direito de não ser incomodado(a).

Notará que o mundo não parou por causa dessa sua ausência temporária. Ao contrário, que ele anda bem melhor com engrenagens limpas e lubrificadas.






2 comentários:

Nana Ervilha disse...

Belo texto, zé. Veio em ótima hora. Ando descrente do ser humano, de mim e dos outros, principalmente da nossa capacidade de compreensão, respeito, convivência. Preciso procurar uma MT em brasília. Ou algo que me alivie esse peso na alma. :)

Pura Reflexão disse...

Oi Nana! A sede da MT é em Brasília. procure a Masé... minha amiga e que é instrutora: http://www.meditacao.info/equipe.html

Acho que vc vai gostar!

Obrigado por comentar.

Beijo

Posts mais populares