segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Quem, na verdade, manda no Brasil?

Não gosto muito de escrever sobre política partidária neste blog e preferiria abordar mais sobre o humanismo, mas não há como desvincular uma coisa da outra em determinados momentos. Portanto, uma pequena nota.

Enquanto todos se preocupavam com a presidência, muitos não perceberam, talvez, que a oposição (PSDB/DEM) perdeu 12 cadeiras no Senado Federal, o que dificultará mais ainda o equilíbrio nas decisões governamentais. A bancada oposicionista, por exemplo, não terá número suficiente para criar uma CPI que necessita de 21 senadores. Medidas provisórias e alterações na constituição não sofrerão resistências.

Mais uma vez, o PMDB que atua no secundarismo político desde as mortes de Ulysses e Tancredo, será o fiel da balança, com 20 senadores e será a briga por ministérios e cargos do segundo escalão que definirá esse apoio. Na Câmara, o PMDB contará com 79 deputados e o PT com 88 (até agora) e serão os dois com maior número de cadeiras, de um total de 402 deputados. Somando os outros partidos de apoio, o PT - se eleito - terá maioria folgada, ou seja, 402 o total de 513.


Por outro lado, o PT já disse que deseja ampliar a presença partidária ocupando mais cargos no governo, mas encontrará muita resistência, pois, o PT precisa do PMDB para garantir maioria no Congresso. No caso da vitória de Serra, entra de novo em cena o mesmo PMDB que também apoiou e deu maioria ao governo FHC, e a briga por cargos não será diferente.

Alguém ainda duvida ser o PMDB quem governa o país na cômoda posição de jamais ser vidraça? Por que, talvez, seja o único partido político do mundo que, mesmo sendo o maior do país, não apresenta nenhum candidato à presidência?

Que ao menos a população comece a responsabilizar mais o PMDB daqui pra frente, não só pelas coisas boas que aconteceram na época das "Diretas Já", mas também pelas ruins que estão acontecendo hoje.

Pense bem nisso tudo e responda: você ainda duvida que o PMDB é quem verdadeiramente manda no Brasil?

-o-

Nenhum comentário:

Posts mais populares